Como economizar nas roupas infantis - Meu Bazar Da Moda

Como economizar nas roupas infantis

Bem, estive sumida do Blog, problemas técnicos, mas estou de volta e cheia de ideias novas!

Vou abordar um assunto nesse artigo-retorno que está tirando o sono de muitos brasileiros. Como se manter e ainda economizar diante dessa crise econômica que assola o Brasil nesse exato momento? Não é tarefa fácil, ainda mais para nós que temos filhos e a responsabilidade de suprir todas as necessidades dos nossos pimpolhos, não é mesmo! Pensando nisso, vou compartilhar com vocês algumas dicas de como economizar comprando roupas para os filhos.
crise econômica no brasil
Foto: Pixabay

Todas nós mamães sabemos que a medida que os filhos crescem as roupas e sapatos vão encolhendo e dependendo do desenvolvimento de cada criança, a cada dois ou três meses é necessário repor o vestuário que já deixou de servir.

Depois que eu fui mãe eu revi vários conceitos de vida e mudei completamente de opinião sobre determinados assuntos e um deles foi sobre o consumismo, repensei totalmente sobre a palavra "comprar", seus sinônimos e significado.

Quem me conhece, me segue, sabe que eu não moro no Brasil, porém as dicas que vou listar aqui podem ser aplicadas em qualquer lugar ou época. Lembrando que são minhas experiências pessoais como mãe de primeira viagem e o que pode ter sido bom e funcionado para mim pode não ser bom para você ou vice-versa, o que temos que fazer é sempre agir de acordo com nossa realidade.

Fazendo o enxoval do Bebê

Primeiro de tudo, estipule um valor que você pode e vai gastar com o enxoval do seu filho, só compre o que for realmente necessário, para ajudar, faça uma lista baseada no valor que você estipulou e faça orçamentos em lojas, se for mãe de primeira viagem, converse com outras mamães sobre o enxoval, o que foi útil, o que de fato usaram bastante, assim você terá como distinguir o supérfluo do necessário.
Eu por exemplo, no enxoval da minha filha, comprei coisas que eu não fazia ideia de como usava (risos) e só iniciei as compras depois dos 6 meses de gestação, pois queria ter certeza que era uma menina.
enxoval de bebê
Foto: Pixabay

Como foi minha primeira gravidez, usei como base os conselhos e experiências da minha sogra, não foi ruim, mas se eu tivesse pesquisado melhor ou conversado mais com outras mães eu teria aproveitado melhor meu enxoval, pois as fases passam muito rápido. De qualquer forma segue uma lista para quem está começando.

Lista de enxoval: itens essenciais - 0 à 3 meses

  • Body de manga curta: 6 tamanho RN e 6 tamanho P
  • Body de manga comprida: 4 tamanho RN e 4 tamanho P
  • Calça tipo "mijão" ou culote (os sem pé duram mais) : 4 tamanho RN e 6 tamanho P
  • Macaquinho ou jardineira curta para banho de sol: 4 tamanho P
  • Macacão inteiro de manga comprida: 5 tamanho RN e 6 tamanho P (é bom ter alguns mais fininhos, de malha ou algodão, e um ou dois mais grossos, de plush, por exemplo)
  • Camiseta: 4 tamanho P
  • Calça de moletom, legging ou jeans: 2 tamanho P
  • Casaquinho de lã, linha ou moletom : 2 tamanho RN e 2 tamanho P
  • 1 roupa para "saída da maternidade": deve ser confortável, mais quentinha (mas sem exageros) e bonita para estar nas fotos que serão guardadas para sempre
  • Macacão de algodão simples, confortável, tipo pijama: 2 tamanho RN e 2 tamanho P
  • Meia: 6 pares
  • Chapéu para sol: 2
  • Manta de algodão, tricô ou soft: 2
  • Fralda de pano simples para usos variados: Pelo menos 4 , mas são tão úteis que vale a pena ter umas dez.
  • Paninho de boca: Pelo menos 6
  • Toalha de banho com capuz: 3
  • Lençol de baixo com elástico, para berço: 3
Fonte da lista: Brasil Baby Center

Eu descartei as roupas tamanho RN, pois ficariam pequenas muito rápido, converse com seu obstetra sobre o tamanho provável que seu bebê irá nascer, para comprar as roupas em um tamanho razoável, usando até uns 3 meses ou mais.

Outro detalhe importante é se estará frio ou calor, por inexperiência, eu comprei mais macacões de inverno que nem chegamos a usar.

Dai para frente, fui fazendo pequenas compras de roupinhas e calçados e sempre comprava um tamanho a mais, tenho roupinhas que minha bebê usou dos 6 meses até 1 ano de idade.

Dicas extras:

  • Para o enxoval, dê preferência a roupinhas de algodão, evitando possíveis alergias ou sensibilidades;
  • Não se prenda à marcas, seu filho não tem noção que está usando um macacão importado ou de tal loja, mas prese pela qualidade; Não há problemas em usar um sapatinho um pouco mais caro, lembre-se que seu filho vai crescer e daqui 2 ou 3 meses esse mesmo item não servirá mais e você precisará repor essas peças perdidas;
  • Prefira cores neutras, que tanto meninos ou meninas podem usar, assim você pode guardar as roupas e calçados do seu bebê para um futuro irmãozinho; 
  • Procure por ofertas, as trocas de estação são uma ótima época para aproveitar o fim de estoque das lojas e renovar as roupas que os pequenos vão perdendo. Segue algumas lojas de departamento que estão em promoção de roupas infantis.
É só entrar nos links abaixo e ir no departamento infantil, você vai encontrar peças em oferta à partir de R$10,00 para todas as idades.

roupas de criança em promocão.
Foto: Pixabay


Essa foi pequena contribuição das minhas experiências como mãe, se você tiver um planejamento e foco, dá pra vestir bem os filhos e ainda economizar para a escola, aquele passeio de fim de semana e muito mais coisas, defina prioridades! Deixe seu comentário, como você organiza as compras?

Veja também aqui no Blog:
Botas em veludo - 15 looks para você se inspirar e copiar
Como reaproveitar peças de verão no inverno em 8 looks


Banner_KDs_728x90

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário

@meubazardamoda